PSD de Vale de Cambra quer população “mais ativa” nas Assembleias Municipais

A nova comissão política do PPD/PSD de Vale de Cambra fazem propostas de alteração ao regimento da Assembleia Municipal.

As propostas enviadas pelo PSD de Vale de Cambra ao presidente da Assembleia Municipal de Vale de Cambra, Miguel Paiva incidem sobre a passagem para o período “antes da ordem do dia”, da intervenção do público.
“Esta proposta permite que os cidadãos não tenham que esperar pelo fim dos trabalhos para exporem os seus anseios e as suas necessidades na Assembleia Municipal. Somos uma terra de gente trabalhadora, que por vezes não tem disponibilidade para estar presente nas sessões, até pelo menos às 00h30min, quando no dia seguinte poderão ter de começar o trabalho pelas 6h ou 7h”, explicou em nota de imprensa, João Carvalho Silva, presidente dos sociais democratas valecambrenses.
Para além desta proposta, o PSD local sugere que a divulgação das sessões de Assembleia Municipal sejam feitas através dos meios online disponíveis do Município nomeadamente, por meio de “streaming”, nas redes sociais.  “Estamos certos de que a grande maioria dos munícipes não conhece os trâmites da nossa assembleia ou nunca assistiram a uma sessão, razão pela qual a transmissão online poderia promover a participação dos cidadãos nas Assembleias, até os que estão mais longe ou emigrados, atingindo uma faixa etária jovem”, refere ainda a nota.
As propostas têm como objetivo “fazer com que as pessoas participem de uma forma mais ativa nas decisões que são tomadas em Assembleia Municipal, queremos tornar os valecambrenses mais informados das decisões apresentadas na casa da democracia e que mudam a sua vida.
É uma forma também, de perceberem que existe transparência e abertura perante todas as pessoas”, explica João Carvalho Silva. 

 

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!