Centro de Saúde de Vale de Cambra tem quatro novos médicos de família

Unidades de saúde de Vale de Cambra têm, a partir deste mês, quatro novos médicos de família que vão permitir reduzir tempo de espera e alargar horário de atendimento, anunciou Miguel Portela, responsável pelo ACeS Aveiro Norte, ao Voz de Cambra.

Cristina Maria Santos

Em declarações ao jornal Voz de Cambra, Miguel Portela, responsável pela prestação de cuidados de saúde primários dos concelhos de Oliveira de Azeméis, São João da Madeira e Vale de Cambra informou que os novos profissionais vêm substituir um médico que se aposentou e três que se deslocaram para mais próximo de casa.

Neste conjunto de médicos, a iniciar funções a partir deste mês, contempla mais um médico de família, que vem reforçar a equipa de profissionais de saúde do Centro de Saúde de Vale de Cambra.

“Este reforço é feito para responder à crescente procura de médico de família que temos percebido neste Centro de Saúde e para tornar a acessibilidade dos utentes a uma consulta médica mais fácil”, explicou Miguel Portela.

O elemento, acrescentado à equipa médica já existente, já se encontra ao serviço da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP) de Vale de Cambra que, neste momento, conta com cerca de 8.000 utentes e é coordenada pelo médico valecambrense, Vitor Bastos.

Miguel Portela garantiu que, com esta medida, irão ser necessárias obras de adequação do espaço da Unidade para ajustar esta equipa a uma melhor distribuição.

Com esta contratação, o Agrupamento de Centros de Saúde de Entre Douro e Vouga II – Aveiro Norte reforça a capacidade assistencial em Vale de Cambra a vários níveis, explicou o diretor executivo, que deixou uma mensagem aos utentes.

“A população que, por algum motivo, não tenha ainda médico de família e pretenda que lhe seja atribuído, poderá deslocar-se ao Centro de Saúde e solicitar a sua inscrição neste profissional, bem como uma consulta para verificar o seu estado de saúde”, sugeriu.

A chegada da nova equipa a Unidade de Saúde valecambrense permitirá aumentar a capacidade para inscrever mais doentes que procurem médico de família, mas também melhorar “substancialmente” o apoio à Consulta de Cessação Tabágica e reduzir os tempos de espera aos utentes aí inscritos.

O aumento do número de profissionais irá permitir o alargamento do horário de funcionamento da UCSP, que encerrava às 20 horas às segundas, quartas e sextas e às 18 horas às terças e quartas e, brevemente, passará a encerrar todos os dias às 20 horas.

“A Administração Regional de Saúde foi sensível a esta necessidade e de imediato encetou os mecanismos necessários para tornar possível esta ambição do ACeS Aveiro Norte e que, agora concretizada, vai com toda a certeza trazer mais-valias à população de Vale de Cambra e concelhos limítrofes que pretendam solicitar médico de família”, frisou o diretor.

Desta forma, o concelho de Vale de Cambra continua a assegurar a cobertura totaldestes profissionais de saúde em Medicina Geral e Familiar, com 99,95% de pessoas com médico de família e apenas 0,02% sem médico de família por opção.

Miguel Portela aproveitou ainda para acrescentar que o Centro de Saúde de Vale de Cambra vai dispor de uma consulta de Medicina Dentária e que já decorrerem obras para a instalação deste equipamento.

Leia a notícia completa na edição em papel.

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!