Assunção Cristas visita Vale de Cambra e reforça apoio na concelhia local

A líder do CDS/PP Assunção Cristas visitou Vale de Cambra para reforçar o apoio na concelhia local que quer continuar a “Fazer crescer Vale de Cambra”.

Cristina Maria Santos

Assunção Cristas, presidente do CDS nacional, associou-se àquela que foi a segunda sessão de uma iniciativa levada a cabo pelos centristas locais, designada “Ouvir Vale de Cambra”.

Na visita ao Centro Social e Paroquial de São João Batista de Cepelos e no jantar/convívio de encerramento desta conferência, a líder do Partido Popular nacional, acompanhada pelo deputado António Carlos Monteiro e por uma delegação de dirigentes e autarcas do CDS Vale de Cambra, teve a oportunidade de se inteirar das diferentes valências asseguradas por esta instituição e das principais dificuldades com que a mesma se depara no seu quotidiano.

“As IPSS’s possuem cada vez mais importância no apoio social, substituem o estado e as autarquias nas suas competências e por essa mesma razão deverão ser consideradas interlocutoras privilegiadas/parceiras no apoio à infância e aos mais idosos, bem como na luta contra a pobreza e a exclusão social”, referiu Assunção Cristas.

Depois do Centro Social, os centristas visitaram ainda a Associação Cultural Recreativa Educativa Cepelense (ACREC), que deu conta da necessidade de requalificação das suas instalações e tomaram conta das pretensões que o Nelson Almeida, presidente da junta, tem para a freguesia.

José Pinheiro, presidente da Câmara Municipal de Vale de Cambra, eleito pelo CDS também esteve presente neste dia e prometeu reforçar a estratégia política de “Fazer crescer Vale de Cambra”.

“Queremos continuar a apostar no desenvolvimento do concelho e na melhoria da qualidade de vida dos cambrenses, mas sempre respeitando o rigor e a transparência da gestão municipal e sobretudo recusando-se a embarcar na realização de obras megalómanas ou em aventuras sem retorno possível”, disse.

Assunção Cristas despediu-se dos valecambrenses agradecendo o empenho do partido local.

“Pelo dinamismo, a proximidade, a exigência e a persistência da concelhia do CDS que não se deixou conformar com o excelente resultado autárquico alcançado, mantendo uma atividade constante junto das populações e que está sempre atenta às necessidades da população de Vale de Cambra”.

……………………………..

“Ouvir Vale de Cambra” é um ciclo de conferências que teve início a 6 de julho na freguesia de Arões e que pretende prolongar-se ao longo do mandato da estrutura local valecambrense, da qual é presidente, Pedro Magalhães.

“Pretende-se, com este ciclo de conferências, assegurar que o CDS-PP mantenha uma política de proximidade com a população e forças vivas cambrenses e, por outro lado, dar resposta, com o máximo de responsabilidade, ao mandato conferido de forma tão clara ao CDS-PP nas autárquicas de 2017”, disse em nota de imprensa chegada à nossa redação.

O CDS-PP local pretende realizar cerca de duas dezenas de conferências subdivididas em dois tipos: de âmbito territorial e de âmbito sectorial.

“Pretende-se monitorizar de forma permanente as necessidades, as dificuldades e as potencialidades de cada uma das freguesias e de cada uma das áreas de ação do poder autárquico”, explica ainda a nota.

 

 

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!