Assembleia Municipal de Vale de Cambra assinala centenário do final da I Guerra Mundial

A Assembleia Municipal de Vale de Cambra associa-se às comemorações nacionais do centenário do final da primeira Guerra Mundial e assinala a efeméride com homenagem aos cerca de 100 jovens do concelho que estiveram no conflito, na presença do tenente-coronel de artilharia, Pedro Marquês de Sousa.

“Portugal na Grande Guerra” é a designação daquela que pretende ser a evocação dos 100 anos da primeira Grande Guerra (1914-1918), na qual Portugal participou como país beligerante ao lado dos Aliados combatendo em duas frentes: África e Europa.

Serão vários os eventos levados a cabo pela Assembleia Municipal de Vale de Cambra, que incluem publicações, exposições, concertos e debates, que irão decorrer no período compreendido entre a data comemorativa da assinatura do Armistício, que a 11 de novembro de 1918 colocou fim ao conflito armado, e a data da assinatura do Tratado de Versalhes, 28 de julho de 1919, que encerrou oficialmente a primeira Grande Guerra.

No conflito estiveram envolvidos milhares de militares portugueses, contando-se entre eles uma centena de jovens naturais do concelho de Cambra, que o órgão deliberativo valecambrense pretende lembrar, através da memória.

O primeiro evento do programa tem lugar nos dias 10 e 11 de novembro de 2018. No dia 10, pelas 21 horas, é inaugurada uma exposição alusiva à Grande Guerra e pelas 21h30, nos Paços do Concelho é apresentado o primeiro volume da obra sobre a participação do concelho de Cambra, no conflito. Este volume, apresentado pelo tenente-coronel de artilharia, Pedro Marquês de Sousa, que revela o percurso dos militares do concelho, que foram mobilizados para a Arma de Artilharia e para a Arma de Cavalaria, e enviados para a Frente Ocidental da Grande Guerra, a “frente mais difícil do conflito”.

No dia 11, realiza-se o hastear das bandeiras, evocando a assinatura do Armistício, que teve lugar ao minuto 11, do dia 11, do mês 11 de 1918, a que se segue uma visita guiada à exposição.

……………………………………………………………

Nota biográfica – Pedro Marquês de Sousa

Tenente-Coronel de Artilharia é professor na Academia Militar e no Instituto Universitário Militar. É Doutor pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (2014), Mestre pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (2008) e licenciado pela Academia Militar (1991). Em 2014 foi condecorado pela Secretaria de Estado da Cultura com a Medalha de Mérito Cultura. Autor de diversos livros e artigos sobre história militar, é membro de vários Centros de Investigação.

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!