“Sidra Vadia” eleita melhor do país e uma das melhores do mundo

“Sidra Vadia”, feita por jovens de Vale de Cambra foi agora eleita a melhor sidra portuguesa no World Cider Awards 2018 e uma das melhores do mundo.

Cristina Maria Santos

A “Sidra Vadia” nasceu em 2017 de uma parceria entre a Universidade de Aveiro e a Cerveja Vadia, um projeto de cerveja artesanal erguido por três jovens de Vale de Cambra, cuja cervejaria se situa em Oliveira de Azeméis.

Trata-se de sidra artesanal “eco-inovadora” e foi agora eleita a melhor sidra portuguesa no World Cider Awards 2018 e uma das melhores do mundo.

“A Sidra Vadia é realmente uma bebida única e pioneira no mercado das sidras. Uma sidra eco-inovadora desenvolvida em 2016/2017, no âmbito de uma dissertação de mestrado de um aluno da Universidade de Aveiro (UA)”, referiram os empresários.

A sua qualidade organolética é agora distinguida com o selo de garantia de um dos maiores concursos internacionais de sidras, o World Cider Awards.

Nos World Cider Awards 2018, a Sidra Vadia foi distinguida com medalha de ouro e eleita a melhor sidra portuguesa, torna-se agora a primeira sidra artesanal portuguesa a receber um prémio num concurso internacional desta magnitude.

Recorde-se que já em 2012 a Cerveja Vadia se tinha tornado a primeira marca de cerveja artesanal portuguesa a ser premiada num concurso internacional, com a Vadia Trigo.

João Santos, antigo aluno da UA e agora head brewer na Cerveja Vadia, explica que durante a fase de investigação e desenvolvimento desta sidra foram definidos os pontos primordiais para este produto: uma sidra com sumo de maçã unicamente portuguesa; um processo de produção inovador, natural e sem recurso a aditivos; Preservar os aromas e sabores dos ingredientes originais.

“Uma das principais características que diferencia este produto eco-inovador dos demais existentes no mercado é a utilização do retentato de maçã enquanto ingrediente, um subproduto agro-alimentar, proveniente da indústria de sumos, cuja eliminação traz inúmeras implicações ambientais e económicas para as indústrias”, explicou João Santos.

“A sidra foi uma ideia que surgiu com o objetivo de valorizar este subproduto, utilizando o know-how da produção de cerveja artesanal e aplicando-o no contexto de produção de sidra, desenvolvendo assim uma sidra natural, mais ecológica e de produção sustentável”, reforçou o antigo aluno da UA.

Com este desenvolvimento e graças ao conhecimento científico e técnico da Cerveja Vadia e da Universidade de Aveiro, João Santos refere que “conseguiu-se extrair deste subproduto um conjunto de nutrientes essenciais ao crescimento das leveduras. O seu processo de produção inovador permitiu a não adição de aditivos como sulfitos, alergénio para tantas pessoas, e açúcares adicionais (ao contrário da maioria das sidras).”

De forma a preservar toda a autenticidade dos aromas e sabores da maçã, a fermentação desta bebida acontece a baixa temperatura ao longo de várias semanas.

Nicolas Billard, mestre cervejeiro e beer sommelier da marca, refere que o maior desafio enquanto mestre cervejeiro foi elaborar uma sidra diferenciadora no mercado também pelo seu perfil organolético.

“Uma sidra com uma doçura moderada e equilibrada com o aroma da maçã e uma ligeira acidez, tornando-se muito refrescante. Uma sidra ímpar que se distingue das restantes sidras atualmente presentes no mercado português que são bastante mais doces, e, diferenciando-se também das sidras tradicionais das Astúrias, muito ácidas e vínicas. A alternativa perfeita também para harmonizações gastronómicas, em que nem a cerveja, nem o vinho fazem jus ao prato. Pratos como sushi, saladas, pratos agridoces e queijos como camembert e roquefort.”

………………………………

Cerveja Vadia:

A Cerveja Vadia é um dos primeiros e maiores projetos de cerveja artesanal em Portugal, com reconhecimento nacional e internacional, conquistando diversos prémios nos principais concursos internacionais de cerveja (World Beer Awards, Brussels Beer Challenge e Concours International de Lyon).

A marca Vadia é comercializada em todo o país no canal HORECA e na grande distribuição, destacando-se no panorama cervejeiro por uma imagem e conceito irreverentes, uma gama muito diversificada de produtos (cervejas e sidra), mas sobretudo por ter um produto com uma elevada drinkability.

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!