CDS-PP renova confiança em José Pinheiro para liderar lista à Câmara de Vale de Cambra

CDS-PP de Vale de Cambra volta a renovar a confiança em José Pinheiro para encabeçar a lista concorrente à presidência da Câmara nas próximas eleições. Com a aprovação da concelhia, só falta a decisão final do atual presidente da Câmara que, em declarações ao Voz de Cambra (VC), ainda não confirmou se se vai recandidatar.

José Pinheiro volta a ser escolhido, pela comissão política de Vale de Cambra para se recandidatar nas autárquicas que, ao que tudo indica, se vão realizar entre setembro e outubro.

O atual presidente da Câmara de Vale de Cambra, José Pinheiro, é o preferido dos centristas às autárquicas deste ano, que querem vê-lo concluir o terceiro e último mandato. Segundo o partido, José Pinheiro volta a reunir o consenso dos militantes do CDS-PP, para liderar os destinos de Vale de Cambra e sublinha que esta é também a vontade dos valecambrenses.

“Mais importante do que analisar o que o CDS pensa é, sem qualquer tipo de dúvidas, saber interpretar o verdadeiro sentimento e vontade dos cambrenses. José Pinheiro é um presidente próximo das pessoas, humilde, honesto, educado, capaz. Ser autarca não é uma profissão é uma vocação, e José Pinheiro é, assim, o homem certo para exercer a função de Presidente de Câmara”, revelou o líder concelhio centrista, Pedro Magalhães, em entrevista ao Voz de Cambra.

Em declarações ao VC, José Pinheiro admite que, entre outros projetos que tem para Vale de Cambra, quer ainda colo- car o concelho no panorama turístico de Portugal, mas não confirmou a sua recandidatura às próximas eleições.

“Um dos projetos que gostava de ter feito era o de ter conseguido pôr Vale de Cambra no mapa em termos turísticos”, referiu o autarca.

José Pinheiro tem 58 anos e é natural da freguesia de Codal, onde exerceu funções de diretor do Grupo Desportivo e Cultural daquela localidade. Mais tarde, tornou-se membro da Câmara de Provadores da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes, onde efetuou análises sensoriais aos produtos vínicos do território e desenvolveu trabalhos de caráter laboratorial sobre a respetiva oferta enológica. Desenvolveu várias iniciativas no âmbito da promoção do vinho verde e foi eleito presidente da Adega Cooperativa de Vale de Cambra em 2003, passando também a integrar os corpos sociais da Vercoope – União das Adegas Cooperativas da Região dos Vinhos Verdes. A nível político, José Pinheiro foi presidente da Junta de Freguesia de Codal, cargo para o qual foi eleito pela primeira vez em 1989 e no qual se manteve até 2005. Nessa altura, foi eleito vereador da Câmara Municipal de Vale de Cambra, então sob gestão do PSD, e em 2013 venceu, pela primeira vez as eleições como cabeça-de-lista do CDS, acumulando também funções de presidente da comissão política do CDS-PP de Vale de Cambra até 2018.

José Pinheiro foi reeleito para o segundo mandato em 2017, o que fez do concelho um dos seis do país sob gestão popular, juntamente com Oliveira do Bairro (no distrito de Aveiro), Albergaria-a-Velha (no distrito de Aveiro), Ponte de Lima (no distrito de Viana do Castelo), Velas (na ilha de S. Jorge, no arquipélago dos Açores) e Santana (na ilha do Faial, na Madeira).

Deixe uma resposta