COVID-19: Cerca de 2600 alunos regressam hoje à escola com novas regras

Esta quinta-feira, dia 17 de setembro, ficou marcada pela apresentação dos alunos às escolas, mas hoje foi o reiniciar as atividades letivas presenciais para cerca de 2600 alunos de Vale de Cambra. 

Os cerca de 2600 alunos estão esta sexta-feira, dia 18 de setembro, todos de regresso à escola para mais um ano letivo que começa com novas regras para tentar minimizar os impactos da covid-19.

A ansiedade de alunos, pais e comunidade escolar no geral trouxe-os de regresso às atividade das escolas que iniciam este ano letivo 2020/21 em contexto de pandemia.

Ao longo desta semana, os estabelecimentos de ensino do único Agrupamento de Escolas do concelho de Vale de Cambra estiveram a preparar-se para reiniciar as atividades letivas presenciais.

O uso de máscaras é agora obrigatório para todos os funcionários assim como alunos a partir do 2.º ciclo, o distanciamento físico será, sempre que possível, de pelo menos um metro e as escolas têm circuitos de circulação.

“Vamos conseguir cumprir distâncias na maioria das nossas escolas”, garantiu o diretor do Agrupamento de Escolas do Búzio Pedro Martins em entrevista ao Voz de Cambra.

A higienização frequente dos espaços é uma das recomendações da DGS, mas para isso, alerta o diretor, faltam funcionários, que o ministro da Educação já voltou a assegurar esta semana que o sistema está preparado para responder aos problemas, nomeadamente a falta de funcionários e docentes.

No total, são cerca de 26 escolas ( 1 Escola Básica do 2º e 3º ciclos e Secundário; 1 Escola do 2º e 3º Ciclos (Escola de Dairas); 10 Escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico e 14 Jardins de Infância no concelho e que neste novo ano seguem um conjunto de regras definidas pelo Ministério da Educação e pela Direção-Geral da Saúde devido à pandemia de covid-19.

A Câmara de Vale de Cambra preparou este novo ano letivo juntamente com o Agrupamento, de forma a implementar as medidas que pretendem reduzir o impacto da covid-19 nas escolas do concelho. 

“Estamos todos a trabalhar em rede para que este ano sem precedentes corra da melhor forma possível, tendo em conta as condicionantes que a pandemia obrigou a implementar no meio escolar”, frisou o presidente da Câmara de Vale de Cambra, José Pinheiro, em declarações ao Voz de Cambra.

Deixe uma resposta