Três praias fluviais de Vale de Cambra interditas a banhos devido a bactéria na água

A determinação veio da Delegação de Saúde Regional do Norte, depois de ter sido detetada a presença de Salmonella nas duas análises feitas à água das três praias fluviais de Vale de Cambra.

As praias fluviais de Burgães, em S. Pedro de Castelões, de Paço de Mato, em Rôge e Pontemieiro, em Junqueira, estão agora interditas a banhos devido à presença de Salmonella na água, revelou a Autarquia de Vale de Cambra. 

Em relação ao Rio Caima, a origem desta bactéria ocorre a montante da Praia Fluvial de Paço de Mato, um facto que tem acontecido nos últimos dois anos, quando “foi identificada a estirpe desta bactéria como sendo a Salmonella enterica enterica ser. Ndolo, que é de origem animal”, explica ainda. 

A Câmara está a aguardar os resultados da USP Aveiro Norte que irá efetuar nova amostragem e espera que a interdição seja levantada em breve.

“Os parâmetros microbiológicos monitorizados pela Agência Portuguesa do Ambiente nas três praias têm apresentado valores baixos, tendo a água da Praia Fluvial de Burgães sido considerada, em 2020, de excelente qualidade”, refere o Município. 

A bandeira vermelha e a interdição a banhos serão retiradas assim que haja a certeza de já não haver qualquer perigo para os banhistas, garante o Município. 

Deixe uma resposta