Covid-19. Vale de Cambra desce para risco “moderado” com 160 casos por 100 mil habitantes 

Concelho está nos 130 municípios do país, em “risco moderado”, ou seja, com 160 casos por 100 mil habitantes acumulados a 14 dias. 

O resumo do boletim epidemiológico (últimas 24 horas) da DGS, face à Covid-19, revela que Vale de Cambra tem 160 casos por 100 mil habitantes e, por isso, situa-se na linha de risco “moderado”, saindo do risco “elevado” que se encontrava nos últimos 14 dias. 

Na mesma situação, estão mais 129 concelhos do país entre 120 e 240 casos, que incluem um município da região: Santa Maria da Feira, com 169 casos por 100 mil habitantes.  

Em risco “elevado” estão agora os concelhos vizinhos de Arouca (451), S. João da Madeira (358) e Oliveira de Azeméis (248) por 100 mil habitantes.   

A taxa de incidência, que tinha vindo a subir no último mês, desce agora, mas continua a preocupar a proteção civil do concelho, que tem apelado ao reforço das medidas de proteção, recomendadas pela DGS.

90 concelhos do país apresentam incidências cumulativas da Covid-19 a 14 dias superiores a 240 casos por 100 mil habitantes, ou seja, em risco “elevado”, “muito elevado” ou “extremamente elevado”. Menos 35 do que na semana passada, mostram os dados da Direção-Geral da Saúde (DGS). Destes, 17 têm incidências superiores a 480 casos por cada 100 mil habitantes.

Deixe uma resposta