Vale de Cambra divulga estabelecimentos locais com selo “Clean&Safe” do Turismo de Portugal

A Câmara Municipal de Vale de Cambra, através do site oficial, associa-se ao Turismo de Portugal e está a apoiar a divulgação do selo “Clean&Safe”, uma iniciativa que visa distinguir as atividades turísticas que asseguram nos seus estabelecimentos, o cumprimento de todas as recomendações da Direção-Geral de Saúde.

O site da Câmara de Vale de Cambra está já a promover o registo do selo “Clean&Safe”, que pode ser realizado na plataforma www.eportugal.gov.pt, e divulga os estabelecimentos do setor do turismo no concelho, com esta marca.  

Com esta medida, a autarquia pretende sensibilizar as empresas e os profissionais, para a importância da adoção das medidas preventivas para evitar a propagação e a contaminação dos espaços comerciais com o novo coronavírus. 

Serve também para enaltecer, o destaque dos dísticos na atração e confiança dos clientes a estes espaços.

No portal, todos os estabelecimentos com o certificado, estão devidamente identificados com o distintivo, o que poderá ser visto no link: https://www.cm-valedecambra.pt/pages/17.

A Loja Interativa de Turismo de Vale de Cambra também já contempla o selo “Clean&Safe”, o que revela que naquele espaço de informação turística estão a ser devidamente cumpridas as necessárias regras de segurança sanitária.

Em nota de imprensa, o Município garante que, atendendo às medidas propostas, todos os colaboradores da Loja Interativa de Turismo de Vale de Cambra contam com “equipamento de proteção individual, e estão devidamente formados sobre os comportamentos a ter e, para além da desinfeção do espaço, da adoção obrigatória de máscara, é ainda tida em conta a distancia social”.


Esta medida é dinamizada pelo Turismo de Portugal, pretende promover Portugal como destino seguro, e envolve, entre outros, a Agência para a Modernização Administrativa (AMA), a Direção Geral das Atividades Económicas (DGAE), o Instituto de Mobilidade e Transportes (IMT), a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT), a Confederação do Turismo de Portugal (CTP), e diversas Associações do Setor Turístico.

Deixe uma resposta