Campanha eleitoral. Agendas suspensas ou adaptadas após morte de Jorge Sampaio

O PS suspendeu todas as iniciativas de campanha eleitoral autárquica em Vale de Cambra, a exemplo do que fez o partido em todo o país, bem como o BE e a CDU que suspendeu toda a atividade eleitoral. O CDS-PP e o PSD adequaram ações após morte de Jorge Sampaio. Chega suspendeu campanha na sexta-feira.

Neste domingo, o país político parou para prestar homenagem ao antigo Presidente da República Jorge Sampaio. O Governo já tinha decretado três dias de luto nacional e alguns partidos e candidatos autárquicos anunciaram a suspensão das iniciativas de campanha eleitoral previstas para este fim de semana.

Foi o caso do PS que suspendeu a campanha eleitoral durante todo o período de luto nacional.  

Numa nota enviada ao Voz de Cambra, o PS lamentou a morte do ex-Presidente da República reconhecendo o seu percurso democrático e institucional, mas lamenta o facto do CDS-PP e PSD não terem cumprido o decreto que declarou luto nacional nos dias 11, 12 e 13 de setembro em homenagem a Jorge Sampaio, dando continuidade à “campanha na rua”.

Após ter sido decretado o luto nacional, o CDS-PP foi o primeiro partido a reagir nas redes sociais, anunciando a suspensão da campanha, no que diz respeito aos comícios e campanha sonora, mas manteve o contacto com a população. O mesmo fez o PSD que adaptou a agenda eleitoral e suspendeu apresentações de candidatura e campanha sonora, mantendo também o contacto com a população, como forma de honrar Jorge Sampaio e “fazer cumprir a democracia”.

O comunicado do PS de Vale de Cambra, que apoia a campanha de “Todos por Vale de Cambra”, critica ainda o facto do edifício dos Paços do Concelho não ter hasteado a bandeira nacional a meia haste. A Câmara de Vale de Cambra explica que, tal como tem feito de há uns anos a esta parte, hasteou a bandeira a meia haste no Edifício Municipal de Vale de Cambra.

O BE de Vale de Cambra também suspendeu toda a campanha eleitoral neste fim de semana, bem como a CDU que só recomeça a campanha na terça-feira, e o Chega suspendeu campanha apenas na sexta-feira, primeiro dia de luto nacional.

Deixe uma resposta